Vejamos 2 Timóteo 3.16: “Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver.” - NTLH. Esse trecho nos fala da extensão (toda a Escritura), do objeto (Escritura), e da fonte (por Deus) da inspiração. Aqui temos a idéia de uma inspiração plenária, de toda a Escritura. Ela é produto da ação de Deus nos homens.

Vejamos, agora, em 2 Pedro 1.20,21: “sabendo, primeiramente, isto: que nenhuma profecia da Escritura provém de particular elucidação; porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens santos falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo.” - RA. Esse trecho nos dá o objeto (os homens), a extensão (todas as profecias) e a fonte (da parte de Deus) da inspiração. A profecia foi produzida por Deus, através de homens que foram movidos pelo Espírito Santo.

Vejamos em 1 Coríntios 2.13: “Disto também falamos, não em palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas ensinadas pelo Espírito, conferindo coisas espirituais com espirituais.” - RA. Esse trecho afirma que a inspiração alcançou as palavras. Os apóstolos falaram “palavras ensinadas pelo Espírito Santo”. A conclusão que tiramos é que o Espírito Santo impeliu e dirigiu os homens para que falassem palavras controladas também por Deus, afim de que tudo quanto escrevessem ou falassem trouxesse a garantia de Deus, sem nenhum engano na mensagem que Ele quis comunicar aos homens.

Afirmação da inspiração do Antigo Testamento.

Passagens como 2 Samuel 23.2: “O Espírito do SENHOR fala por meu intermédio, e a sua palavra está na minha língua.” - RA; Salmo 119.89: “Para sempre, ó SENHOR, está firmada a tua palavra no céu.” - RA; e Isaías 40.8: “seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente.” - RA; reivindicam inspiração para o Antigo Testamento. A expressão tão costumeira “Assim diz o Senhor” indica a inspiração de Deus sobre os profetas. E como já observamos, Jesus e os apóstolos acreditaram que toda a Escritura era a verdadeira e infalível Palavra de Deus.

Viva Jesus!

Deus lhe abençoe!
publicado por homota às 13:41