Em alguns lugares do mundo, o homosexualismo (envolvimento sexual entre duas pessoas do mesmo sexo) tem sido ostensivamente anunciado como um estilo de vida “alternativo”. Inclusive pelos órgãos de comunicações, televisão e novelas. Entretanto, a Bíblia declara claramente que tal prática constitui pecado e abominação ao Senhor. E por que é pecado?
1 – É pecado porque se choca com os princípios de sexualidade que Deus estabeleceu. Deus determinou que a sexualidade humana fosse monogâmica e de natureza heterossexual (um homem e uma mulher) (Mateus 19.4,5). Ao optar pelo homossexualismo, a pessoa está caindo na tentação do diabo, rejeitando os princípios de sexualidade dados por Deus. Romanos 1.18-32 explica como isso acontece: o homem se põe a praticar a imoralidade e transforma a verdade de Deus em mentira. Como resultado, Deus o entrega a paixões infames. Romanos 1.28 diz: “E por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes”.
Em Romanos 1.32 O Apóstolo Paulo nos alerta que são passíveis de morte divina, não somente os que tais coisas praticam, mas também os que aprovam os que assim procedem. São as pessoas que assistem e até sentem prazer nas práticas sexuais ilícitas dos outros. Portanto, meus irmãos, vocês não devem assistir determinadas novelas, certos filmes, paradas “gay”, etc. Fujam dessas tentações do diabo.
2 – É pecado porque a Bíblia se refere a tal prática como sendo abominação. “Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas ... herdarão o Reino de Deus” (1 Coríntios 6.9,10). (Ver também Levítico 18.22; Romanos 1.24-27).
3 – É um pecado que está debaixo do julgamento de Deus. “A ira de Deus se revela do céu contra toda a impiedade e perversão dos homens que suprimem a verdade pela injustiça” (Romanos 1.18). (Ver também Gênesis 19.4-11,24,25). Gênesis 19 narra a história de como Deus julgou severamente a cidade de Sodoma, onde o homossexualismo era bastante praticado. (Ver também 2 Pedro 2.6-8 e Judas 7).
Contudo, essa não é uma situação sem esperança. O pecado do homossexualismo pode ser perdoado e lavado. Na igreja de Corinto havia ex-homossexuais que foram libertos das amarras desse pecado através do sangue de Jesus Cristo. Em 1 Coríntios 6.9 Paulo cita os homossexuais entre aqueles que não herdarão o Reino de Deus. Entretanto, mais adiante no verso 11 ele diz:”Tais fostes alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados, em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus”. Para o perdão desses pecados é preciso que haja arrependimento e o começo de uma vida nova.
É assim que a Bíblia ensina!
Viva Jesus!
Deus lhe abençõe!
publicado por homota às 16:06