Deus quer que os Seus filhos enfrentem problemas, confiados no poder do Cristo ressurreto e que os utilizem como oportunidades para que Ele lhes revele Seu poder e Sua graça. É importante lembrar-se de que você não deve tentar resolvê-los unicamente através de seus esforços humanos, mas sim entregá-los a Deus em oração e ouvir a direção do Espírito Santo (Provérbios 3.5-7).

Se você tem pedido ao Espírito Santo que o guie e tem obedecido Seus ensinamentos, pode ter certeza de que a sua “consciência” lhe apontará aquilo que está errado. Consciência é o termo usado para designar aquela voz interior ou aquele “sentimento” que nos diz o que é certo e o que é errado. Ela funciona como uma ferramenta para ajudá-lo a solucionar seus problemas e direcioná-lo na sua vida. Se você tem ignorado sua consciência, vai ter dificuldade em ouvir essa mensagem. Essa lamentável possibilidade é mostrada em Romanos 1.18-32. O versículo 28 explica o processo: “E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável para praticarem o que não deviam.”

Você faz mal uso de sua consciência quando ela manda advertências que você ignora. Aquele que está sensível aos alertas que sua consciência emite, sentirá culpa quando errar e desejará pedir perdão a Deus. Mantenha sua consciência sensível, dando atenção a voz interior que o adverte. Sua função é ajudá-lo a distinguir quais soluções deve descartar por serem contra a vontade de Deus.

A preparação espiritual é de suma importância para lhe ajudar a solucionar, com êxito, os problemas. A hora da dificuldade, do estresse, é a hora de aumentar o tempo de oração e de leitura da Bíblia e não de diminui-lo. Problemas podem surgir a qualquer momento e exigirem uma ação imediata. O crente sábio procurará estar sempre pronto espiritualmente, com o seu coração e mente abertos ao direcionamento do Espírito Santo.

O apóstolo Paulo dá ensinamentos muito válidos em 1 Tessalonicenses 5.16-18,21,22: “Estejam sempre alegres. Permaneçam sempre em oração. Sejam sempre agradecidos a Deus, haja o que houver, porque essa é a vontade de Deus para com vocês que pertencem a Cristo Jesus. Não abafem o Espírito Santo. Não zombem daqueles que profetizam, mas ponham a prova tudo o que for dito, para terem a certeza de que é verdade, e se for, então aceitem. Afastem-se de todo o tipo de mal” (BV). Assim sendo, a nossa preparação espiritual deve incluir:

A preparação espiritual prévia o ajudará a saber qual é a vontade de Deus na solução do seu problema. Essa preparação te dará força e coragem e influirá na melhor solução, evitando que você tome decisões que poderiam trazer conseqüências desagradáveis e que não são da vontade de Deus.

Viva Jesus!
Deus lhe abençoe!
publicado por homota às 19:49