Mensagem de Boas Novas: (8)
Que a graça e a paz de Deus, o nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês.
O texto bíblico diz, em Marcos 16.16: ‘‘Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.’’ Jesus disse: ‘‘todo aquele que me confessar diante dos homens, também o Filho do Homem o confessará diante dos anjos de Deus.’’(Lucas 12.8).

Se você tem uma Bíblia, leia os versículos relacionados entre parênteses para comprovar cada uma das afirmações. É importante que você faça isso, pois as minhas palavras hão de passar, mas as palavras de Jesus não passarão.(Mateus 24.35).

Confessar que Jesus é nosso Senhor e Salvador, deve ser uma atitude mental sincera e de coração aberto. Não pode ser só ‘‘da boca pra fora’’. Se aceitarmos Jesus de todo o coração, nos arrependermos com sinceridade de nossos pecados e pedirmos a Deus que os perdoe, Ele nos promete, e é fiel para cumprir, que nos purificará de todas as nossas imundícias e de toda a nossa idolatria. Então Ele nos dará um coração novo e porá em nós um espírito novo. Tirará de nós o coração de pedra e nos dará um coração de carne. Porá dentro de nós o seu Espírito e fará com que andemos nos seus estatutos, e guardemos os seus juízos e os observemos.(Ezequiel 36.25-27).
Após sermos salvos, confessando que Jesus é nosso único, suficiente, exclusivo e eterno Senhor e Salvador, devemos destruir todas as imagens e santinhos de papel, que carreguemos conosco ou estejam em nossa residência.(Êxodo 20.3). Isso se refere a qualquer tipo de amuleto, medalhinhas, imagens de escultura ou de fundição, etc que possam desviar o nosso culto a Deus.(Êxodo 20.5). Deus é Espírito e quer que o adoremos em espírito e em verdade.(João 4.23,24)
Devemos também abdicar de todo o culto e reverências a pessoas, entidades, espíritos de mortos, ‘‘divindades’’, etc. (Eclesiastes 9.5); (Isaías 8.19); (Deuteronômio 18.11) A Bíblia nos ensina que Jesus Cristo é o único mediador (I Timóteo 2.5) entre nós e Deus Pai, o Todo Poderoso, o Criador dos céus, da terra, do mar e de tudo o que neles há (Apocalipse 10.6); (Gênesis 2.4), das coisas visíveis e invisíveis, o Deus verdadeiro e único.(Marcos 12.29).
Jesus não está crucificado, nem num madeiro na parede pendurado. Jesus está vivo e tem poder para livrar-nos de todo o mal que em nós aparecer. Os peregrinos que vão a Israel visitar o túmulo de Jesus encontram-no vazio.(Mateus 28.6). Ele não está lá, porque ressuscitou e subiu aos céus em glória.(Atos 1.9).
Qualquer culto fora do que ensina a Bíblia Sagrada é abominação ao SENHOR.(Deuteronômio 18.10-12). E o Senhor pune todos os que assim procedem e também seus descendentes e sua terra.(Deuteronômio 29.26,27). - Porque o nosso povo vive em tão grande miséria, passando fome e necessidades de todo tipo? Medite sobre isso meu irmão!(Romanos 1.28-32; 2.6-8).
Mas, alguns dizem: eu bem que queria confessar a Jesus, mas não consigo, por isso ou por aquilo. Se isso estiver ocorrendo contigo, deve ser por obra de demônios. Nós precisamos saber como eles agem, para que possamos resistir a sua atuação maligna. A Bíblia nos ensina como nos livrar dos demônios que já estão derrotados.(Apocalipse 20.10). Leia a mensagem anexa, que mostra o que a Bíblia ensina sobre os demônios, porque eles não podem desviar-nos de prosseguir na nossa mensagem principal. Em nome de Jesus!
É necessário estarmos receptivos, de coração aberto, em oração, para que Jesus possa agir, em Seu nome. Não temas! Confia em Deus. Creia tão somente, e as demais coisas lhe serão acrescentadas.(Mateus 6.36). Jesus Cristo nos ensinou como é fácil seguir os mandamentos e juízos de Deus! E, como, por causa disso, Deus nos trará de imediato grande alegria, e felicidade e bem estar, como jamais experimentamos nessa vida.
Jesus Cristo indicou os principais mandamentos de Deus como sendo apenas dois: primeiro: Amar a Deus sobre todas as coisas. Segundo: amar ao próximo, como a si mesmo.(Lucas 10.27,28). Se cumprirmos esses dois mandamentos estaremos, implicitamente, cumprindo todos os demais.(Marcos 12.33). Mais adiante, Jesus nos deu um novo mandamento: ‘‘que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.’’ (João 13.34). Eis aí a grande solução para todos os problemas do mundo: encher o nosso coração de amor: o amor de Cristo e a sua humildade. Retirar do nosso coração todo o ressentimento, toda a mágoa, toda a amargura, todo o ódio, todo o rancor, toda soberba. Amar os nossos inimigos. Perdoar o seu irmão setenta vezes sete vezes.(Mateus 18.22).
Todas as dificuldades que o homem sente estariam resolvidas, se todos se amassem como Jesus nos ama; se todos se ajudassem, se apoiassem mutuamente, etc. Mas a maldade do homem se multiplicou na terra e é continuamente mau todo o desígnio do seu coração.(Gênesis 5.5). ‘‘Quem pode dizer: purifiquei o meu coração, limpo estou do meu pecado?’’(Salmo 20.9). Por isso a violência, a maldade, a miséria, a fome e outras tragédias estão ocorrendo em nosso mundo.
O homem vem preferindo ser enganado por satanás, que se oculta atrás de certas imagens de santos e padroeiros que não vêem, nem entendem (Isaías 43.9), tem de ser carregadas ou se apresentam em cultos ditos espíritas ou umbandistas, etc. Mas o irmão pode perguntar: e como a Igreja Católica está cheia de imagens e de adoração à Maria?
A História nos conta que as imagens e certos cultos pagãos foram introduzidos na Igreja, quando os imperadores romanos da época determinaram que todos os seus súditos passassem a ser cristãos. Repentinamente as igrejas se encheram de pagãos que nada conheciam sobre o Cristianismo, nem sobre as Escrituras Sagradas. E vieram trazendo seus ídolos e superstições. Aí começou o culto à mãe dos deuses, que era um costume pagão. As autoridades da Igreja de então incorporaram esses costumes até o dia de hoje.
Quando surgiu a Reforma Protestante, veio trazendo uma volta ao Cristianismo autêntico, dos primeiros tempos, como Jesus e seus Apóstolos ensinaram e como consta da Bíblia. A Igreja Romana ficou no desvio. Esperamos que os católicos leiam, meditem e entendam a Bíblia Sagrada. E que, para eles, volte a prevalecer a Palavra de Deus e não a opinião dos sacerdotes, nem as tradições pagãs.

Meu irmão leia a Bíblia. Só podemos conhecer plenamente a revelação de Deus, acerca da origem e destino do homem, através do Testamento Escrito que é a Bíblia, porque a Bíblia é a infalível e santa Palavra de Deus.(Eclesiastes 8.7). É a gloriosa carta que Deus enviou para o seu povo, a fim de ensinar-lhe o caminho da salvação. Somente pelo Espírito de Deus e o conhecimento da Bíblia é que o homem pode perceber essa visão.

Meus amados, que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com vocês.
"Todo ser que respira louve ao Senhor". Aleluia! (Salmo 150.6).
publicado por homota às 13:20