Mensagem de Boas Novas
Que a graça e a paz de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com todos vocês.
Seja amigo de Jesus.
A Palavra de Deus nos diz em João 15.14: (Jesus falando): “Vocês serão meus amigos se fizerem o que Eu mando”
Portanto, meu irmão(ã), faça o que Ele manda e diga: eu sou amigo de Jesus porque faço o que Ele manda.
Meu irmão(ã), pegue agora a sua Bíblia e leia as citações bíblicas, que estão entre parênteses, nesta mensagem, para conferir se as coisas são assim mesmo.

Meu irmão, você que tem recebido tantas bênçãos de Deus, se Jesus te perguntar: “Meu filho, Eu tenho te dado tudo o que você me pede. E você, tem feito o que Eu mandei você fazer?” O que você responderá?
E o que é que Ele mandou fazer?
- O Apóstolo Pedro é quem nos responde: “Cada um de vocês deve abandonar o pecado, voltar-se para Deus e ser batizado, em nome de Jesus Cristo, para o perdão de seus pecados e recebereis o dom do Espírito Santo” (Atos 2.38). Prenda-se firmemente em sua fé em Cristo e conserve a sua consciência limpa, fazendo aquilo que agrada a Ele e que você sabe que está certo.
Ele, também, mandou:
- Vão ao mundo todo e preguem a Boa Nova da Salvação a todas as pessoas (Mc 16.15; Mt 28.19). Comecem pelas pessoas que vocês mais se interessam (familiares e amigos), pois Jesus nos ensinou a começar a pregar em casa (a nossa “Jerusalém”) [Lc 24.47]. Deus quer que não só você, mas toda a sua casa seja salva (At 16.31). E isso exige que você faça a sua parte. Preguem com amor.
E como é que se prega a boa nova da salvação?
Antes de tudo, seja boa testemunha de Jesus, isto é, seja correto, ande na retidão, guardando os mandamentos de Deus, senão as pessoas podem não lhe dar crédito. Nem todos vão entender e acreditar na pregação (Rm 10.16). Não discuta, seja paciente e se uma pessoa não quiser ouvir, não insista. Pregue para outra. Jesus quando mandou os setenta, alertou: “Eis que Eu vos envio como cordeiros para o meio de lobos” (Lc 10.3-6).
Digam que:
- A humanidade estava perdida pela escravidão do pecado, pela desobediência à Lei e ao seu Criador. Deus derramava a sua ira sobre o povo de Israel (Lamentações 1.8-11; 2.1-9; 3.22-26). Depois, Deus tentou a reconstrução com Esdras e Neemias, mas a maioria do seu povo não confiou e preferiu continuar na dispersão.
- Deus, então, por sua misericórdia, cumpriu a sua promessa e enviou o seu Filho unigênito para morrer na cruz e pagar, com o seu sangue, o preço pelos nossos pecados (João 3.16,17), para não ter que ferir a terra com maldição (Malaquias 4.6). Deus já havia dito que o salário do pecado é a morte (Gn 2.17; Rm 6.23).
- Jesus, na cruz, carregou sobre si todos os nossos pecados e iniqüidades e por suas chagas fomos sarados (1 Pe 2.24,25).
- Digam que Jesus é o Filho de Deus, que veio ao mundo, assumindo a natureza humana, para se sacrificar na cruz, para nos redimir da escravidão do pecado e nos reconciliar com Deus (2 Co 5.19), dando-nos acesso à presença de Deus, o que não era permitido antes do sacrifício de Jesus (Cl 1.20,22).
- Que Jesus morreu na cruz, mas, ao terceiro dia, Deus o ressuscitou dos mortos (Mc 16.6; At 2.24; At 2.32). E Ele subiu aos céus em glória (At 1.9; Lc 24.51; Mc 16.19).
- Ele está vivo, sentado à destra do Pai, reinando com todo o poder que Deus lhe deu no céu e na terra sobre todas as coisas (Mt 28.18).
- Que Ele intercede por nós, junto ao Pai, como nosso único advogado (1 Jo 2.1). E Ele nos incita a orar, assim: “pedi e dar-se-vos-á, batei e a porta se abrirá, procurai e achareis”. (Lc 11.9).
- Que, com o seu sacrifício, Jesus aplacou a ira de Deus contra o pecado do seu povo e nos oferece a vida eterna para todo o que nEle crer (Jo 3.15). A obra da salvação foi consumada por Jesus na cruz do Calvário. Só Jesus salva! (Jo 19.30).
- Que aqueles que crêem e forem batizados, serão salvos. Porém aqueles que se recusarem a crer, serão condenados. (Mc 16.16), isto é, continuarão na perdição em que já se encontravam.
- E aqueles que crêem, utilizarão o nome de Jesus para expelir demônios e falarão novas línguas. Poderão pôr as mãos sobre os doentes e curá-los, em nome de Jesus. (Marcos 16.17-18).
- Digam que a salvação não é dada por causa das obras que nós fazemos, nem porque nós somos caridosos ou bonzinhos, para que ninguém se glorie. A salvação é pela graça de Deus, mediante a fé em Cristo (Gl 2.16). Porquê Deus é bom (Sl 100.5), nos ama e quer que a sua criação se converta e se salve, para a glória se Deus (Ef 2.4,5).
- Digam, também, que devemos agradecer a Deus por esse tão grande amor para conosco e retribuí-lo, amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Amemos uns aos outros ardentemente (1 Pe 1.22). Esse é um mandamento para a salvação (1 Jo 3.16,17)
Se você se arrepender dos pecados, crer no Evangelho (as boas Novas), se confessar com a sua boca que Jesus é o seu único Senhor e Salvador, e crer com o coração que Ele é o Filho de Deus crucificado e ressurreto, serás salvo (Rm 10.9,10), Ele vai lhe dar o poder de serem feitos filhos de Deus (Jo 1.12). Então você vai amá-lo e não vai dividir o seu coração com mais nada ou ninguém.
E quando você diz sim a Ele, Ele diz sim a você. Ele te encherá com o Espírito de Deus que te consolará, te ensinará todas as coisas e te lembrará de tudo que Jesus nos ensinou. Vai nascer outra pessoa em você, e você vai ser uma nova criatura.
Portanto temos que pregar essa boa nova, Mas, devemos, antes, indagar se essas pessoas querem ouvir a pregação, pois nem todo aquele que ouve a Boa Nova, acredita nela, e ainda poderá lhe injuriar. Se por causa da pregação do nome de Cristo sois injuriados, bem aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito de Deus (Lc 6.22; 1 Pe 4.14).
E nós devemos continuar pregando para os outros, pois a fé vem pelo ouvir a Boa Nova da Salvação (Rm 10.17). E como poderão as pessoas crer em Jesus, se nunca ouvirem falar nEle? E como ouvirão, se não houver quem pregue? (Rm 10.14).
Jesus nos garante que estará conosco, todos os dias, com sinais, milagres e maravilhas até o final dos tempos (Mt 28.20). Ele voltará na consumação dos tempos, com poder e grande glória, para resgatar a sua igreja (Mt 24.30,31) e julgar os vivos e os mortos (Mt 25.31-46). E, então virá o fim. O Senhor criará novos céus e nova terra e os salvos serão o seu povo para sempre (Is 66.22). E os condenados irão para o castigo eterno (Mt 25.46) no lugar de tormento. E a velha terra será abalada por um cataclismo cósmico (Is 13.10-13; Ez 32.7; Mt 24.29; Lc 21.24,25; 2 Pe 3.7,10; Ap 6.12,13).
Mas, lembre-se que satanás estará ao derredor pronto para tentar impedir que a obra de Deus seja realizada por nosso intermédio (1 Pe 5.8). Mas agora você estará com Jesus, fazendo aquilo que Ele mandou. Jesus tem poder sobre satanás. E se você crê em Jesus, não duvide, expulsará satanás, mandando-o de volta para o inferno, em nome de Jesus.
Você terá a partir de agora, uma nova liberdade para viver, fazendo aquilo que Jesus mandou. Aleluia! E Ele será seu amigo. Jesus quer ser seu amigo. Amém.
Meu irmão, freqüente uma igreja onde Jesus Cristo seja o único Senhor e a Palavra de Deus seja pregada fielmente.
Leia a Bíblia Sagrada todos os dias, em ambiente de oração. A Bíblia Sagrada é a Revelação de Deus. É a Palavra de Deus, inspirada e com autoridade dos céus.
Meus amados, que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com vocês.
Deus lhe abençoe.
publicado por homota às 09:23