O último princípio que o cristão deve pôr em prática ao resolver um problema, seja qual for a solução, é o de dar glória a Deus! Leiam o que Paulo ensina em 1 Tessalonicenses 5.16 a 18: “Estejam sempre alegres. Permaneçam sempre em oração. Dêem sempre graças a Deus, haja o que houver, porque esta é a vontade de Deus para com vocês que pertencem a Cristo Jesus” (BV). Esteja continuamente louvando ao Senhor. Sempre que a sua mente não estiver ocupada com as suas atividades profissionais e da família, o que é necessário, você deve desenvolver o hábito de deixar fluir silenciosamente o louvor a Deus. Essa prática simples transformará a sua mente. Louve-o pela Sua fidelidade, pela Sua presença constante ao seu lado em todos os problemas.

Compartilhe com os outros irmãos as bênçãos recebidas! Faça como o apóstolo Paulo. Ele compartilhou com os irmãos filipenses, ao escrever para eles sobre a fidelidade de Cristo, quando estava preso: “E quero que vocês saibam isto, queridos irmãos: Tudo quanto me aconteceu aqui tem sido uma grande ajuda na divulgação da Boa Nova a respeito de Cristo. Porque todo mundo aqui, incluindo todos os soldados, de ponta a ponta nos quartéis, sabem que estou na cadeia simplesmente porque sou cristão. E por causa da minha prisão muitos dos cristãos daqui parecem ter perdido o medo de ser presos! De algum modo minha resignação os animou e eles começaram a ter cada vez mais coragem para falar de Cristo aos outros” (Filipenses 1.12-14 BV). E mais: “ ... o importante é que de qualquer forma, ... Cristo está sendo pregado e por isso eu me alegro. De fato, continuarei a alegrar-me, pois sei que o que me aconteceu resultará em minha libertação, graças às orações de vocês e ao auxílio do Espírito de Jesus Cristo” (Filipenses 1.18,19 NVI).
Ele não queria que eles se sentissem tristes por ele! Com alegria afirmou: “Quando oro por vocês, meu coração se enche de alegria, por causa de toda a maravilhosa ajuda de vocês em fazer conhecida a Boa Nova acerca de Cristo ... ” (Filipenses 1.4,5). Ele compartilhou também sobre o que havia aprendido ao confiar e permitir que o Senhor resolvesse os seus problemas:
“ ... aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado, como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura, como de fome; assim de abundância, como de escassez; Tudo posso naquele que me fortalece” (Filipenses 4.11-13).
Quando reconhecemos que Cristo é o Mestre maior do que toda e qualquer situação que enfrentamos, que Ele se importa conosco e que está sempre fazendo com que tudo coopere para o nosso bem eterno, não há nada que possamos fazer a não ser louvá-Lo. Ele é digno do nosso louvor e de nossas graças. Graças a Deus!
Viva Jesus!
Deus lhe abençõe!
publicado por homota às 19:13