Continuação do post anterior.
     Na revelação especial Deus se serviu também de Atos miraculosos, particulares e históricos (Veja em Êxodo 4.2-5: “Então o SENHOR perguntou: —O que é isso que você tem na mão? —Um bastão—respondeu Moisés. Deus disse: —Jogue-o no chão. Ele jogou, e o bastão virou uma cobra. E Moisés fugiu dela. Aí o SENHOR ordenou a Moisés: —Estenda a mão e pegue a cobra pelo rabo. Moisés estendeu a mão e pegou a cobra pelo rabo, e de novo ela virou um bastão na mão dele. Então o SENHOR disse: —Faça isso para provar aos israelitas que o SENHOR, o Deus dos seus antepassados, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, apareceu a você.” - NTLH; em 1 Reis 18.24: “ E aí os profetas de Baal vão orar ao seu deus, e eu orarei ao SENHOR. O deus que responder mandando fogo, este é que é Deus. E todo o povo respondeu: —Está bem assim!” - NTLH; em João 5.36: “Mas eu tenho um testemunho a meu favor ainda mais forte do que o que João deu: são as coisas que eu faço, as quais o meu Pai me mandou fazer. Elas dão testemunho a favor de mim e provam que o Pai me enviou.” - NTLH; em João 20.30,31: “Jesus fez diante dos discípulos muitos outros milagres que não estão escritos neste livro. Mas estes foram escritos para que vocês creiam que Jesus é o Messias, o Filho de Deus. E para que, crendo, tenham vida por meio dele.” - NTLH; e em Hebreus 2.1-4: “Por isso devemos prestar mais atenção nas verdades que temos ouvido, para não nos desviarmos delas. Não há dúvida de que a mensagem que foi dada por meio dos anjos é verdadeira; e aqueles que não a seguiram nem foram obedientes a ela receberam o castigo que mereciam. Sendo assim, como é que nós escaparemos do castigo se desprezarmos uma salvação tão grande? Primeiro, o próprio Senhor Jesus anunciou essa salvação; e depois aqueles que a ouviram nos provaram que ela é verdadeira. Ao mesmo tempo, por meio de sinais de poder, maravilhas e muitos tipos de milagres, Deus confirmou o testemunho deles. E, de acordo com a sua vontade, distribuiu também os dons do Espírito Santo.” - NTLH).
     Deus se serviu também da encarnação do Filho de Deus (Veja em João 1.1-3,14,18: “Antes de ser criado o mundo, aquele que é a Palavra já existia. Ele estava com Deus e era Deus. Desde o princípio, a Palavra estava com Deus. Por meio da Palavra, Deus fez todas as coisas, e nada do que existe foi feito sem ela. A Palavra se tornou um ser humano e morou entre nós, cheia de amor e de verdade. E nós vimos a revelação da sua natureza divina, natureza que ele recebeu como Filho único do Pai. Ninguém nunca viu Deus. Somente o Filho único, que é Deus e está ao lado do Pai, foi quem nos mostrou quem é Deus.” - NTLH; em João 14.8,9: “Filipe disse a Jesus: —Senhor, mostre-nos o Pai, e assim não precisaremos de mais nada. Jesus respondeu: —Faz tanto tempo que estou com vocês, Filipe, e você ainda não me conhece? Quem me vê vê também o Pai. Por que é que você diz: “Mostre-nos o Pai”?” - NTLH; em Colossences 2.9: “Pois em Cristo, como ser humano, está presente toda a natureza de Deus,” - NTLH; e em Hebreus 1.3: “O Filho brilha com o brilho da glória de Deus e é a perfeita semelhança do próprio Deus. Ele sustenta o Universo com a sua palavra poderosa. E, depois de ter purificado os seres humanos dos seus pecados, sentou-se no céu, do lado direito de Deus, o Todo-Poderoso.” - NTLH).
     Os principais agentes de Deus que receberam e comunicaram a revelação foram os profetas e Jesus Cristo (Veja em Hebreus 1.1,2: “Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados, mas nestes últimos tempos ele nos falou por meio do seu Filho. Foi Ele quem Deus escolheu para possuir todas as coisas e foi por meio dele que Deus criou o Universo.” - NTLH). Os profetas de Israel foram os grandes portadores da revelação de Deus no passado. Eles tinham visões de Deus, e por isso eram chamados videntes (Veja 1 Samuel 9.9: “ —É uma boa idéia! —respondeu Saul. —Vamos. Então eles foram à cidade onde o homem santo morava. Quando estavam subindo o morro para chegar à cidade, encontraram algumas moças que estavam saindo para tirar água. Eles perguntaram: —O vidente está na cidade? (Antigamente, quando alguém queria fazer uma pergunta a Deus, costumava dizer: “Vamos falar com o vidente.” Porque naquele tempo os profetas eram chamados de videntes.)” - NTLH).
     Deus lhes falou acerca de Sua vontade e de Seu propósito para com o Seu povo. Eles então predisseram acontecimentos que vieram a acontecer na história.
     Continua no próximo post.
     Viva Jesus!
     Deus lhe abençoe!
publicado por homota às 10:39