Quando nós nos convertemos não deixamos de ser humanos, de ter desejos, sentimentos, necessidades, nem perdemos a capacidade de suportar sofrimento, etc. Esses são sentimentos contra os quais devemos lutar diariamente em nossos relacionamentos. Superá-los, geralmente, leva algum tempo – é um processo de amadurecimento cristão. Quem não conhece pessoas, talvez até crentes, que se empurram sobre outras pessoas para serem as primeiras da fila, ou para se assentarem nos primeiros lugares? ou que ficam reclamando até conseguirem as melhores coisas? ou ficam desagradáveis e mal humoradas quando não conseguem?
E aqueles crentes que vivem o tempo todo se preocupando e reclamando de seus filhos, de seus vizinhos, suas doenças, seus problemas financeiros ou com o que acontecerá quando envelhecerem, etc? Talvez você conheça algumas pessoas assim. Essa atitude também é um indício de imaturidade cristã. Será que o crente experiente enfrenta esses problemas e contendas? Essa pergunta vale também para o medo, a ansiedade, a depressão, a intransigência, a dúvida, o egoísmo, a ira e mais uma variedade de outros sentimentos tipicamente humanos. Com certeza, até os crentes mais experientes tem que lutar contra esses sentimentos, todos os dias; a diferença é que eles já aprenderam a dominá-los e vencê-los!
Nos capítulos 4 e 5 de Efésios, o apóstolo Paulo fala dessas evidências de imaturidade. Você notará que a maioria delas está relacionada aos nossos relacionamentos com nossos semelhantes. Nesse trecho, Paulo se dirige especificamente aos crentes, advertindo-os a se santificarem e não serem como os gentios. E lhes dá alguns ensinamentos específicos sobre como alcançar a maturidade cristã.
Paulo cita cada problema e o que é preciso fazer para evitá-los. Leia com atenção os capítulos 4 e 5 de Efésios em sua Bíblia. Enquanto isso, confira o resumo a seguir:
Efésios 4.25 - Mentira – Falar sempre a verdade.
Efésios 4.26 – Raiva – Não pecar. Não permanecer irado.
Efésios 4.27 – Não deis lugar ao diabo – Não deixar abrir brechas na sua “armadura de Deus” para que a tentação entre e te domine.
Efésios 4.28 – Roubo – Parar de furtar e trabalhar para suprir as necessidades próprias e ajudar aos necessitados.
Efésios 4.29 – Uso de palavras más – usar palavras boas para edificaçãodos que o ouvem.
Efésios 4.30 – Fazer coisas que entristecem o Espírito Santo de Deus – Não entristecer o Espírito Santo de Deus.
Efésios 4.31,32; 5.1,2 – Amargura, paixão, raiva, gritaria, insulto ou quaisquer outros sentimentos maus - Ser benigno, compassivo, perdoar e ser controlado pelo amor de Cristo.
Efésios 5.3-5 – Mencionar imoralidade sexual, indecência, avareza ou usar linguagem obscena, profana ou vulgar – Encher sua mente com bons pensamentos, louvores, dar graças a Deus. Ser imitador de Cristo.
Efésios 5.6-11 – Ser induzido ao pecado pelo ímpio, sendo levado por ele – Não fazer nada junto com essas pessoas. Rejeita-las.
Efésios 5.15,16 – Ser descuidado e ignorante na maneira de viver – Viver como sábio, aproveitando bem as oportunidades que Deus lhe dá de fazer o bem e ajudar os necessitados.
Efésios 5.17 – Ser tolo, insensato – Procurar compreender a vontade do Senhor para a sua vida.
Efésios 5.18 – Embriagar-se – Não se embriagar, mas deixar-se encher do Espírito Santo falando entre vós sobre o Senhor, citando salmos e hinos, entoando cânticos, louvando ao Senhor e dando graças a Deus por tudo.
Não mais andem como os gentios, na vaidade de seus próprios pensamentos. Despojem-se do velho homem e revistam-se do novo homem em justiça e retidão. A única maneira de ganhar maturidade cristã é começar a fazer aquilo que pode ajudá-lo a amadurecer. Andem no Espírito. Coloquem em prática as soluções que vocês precisam aplicar à sua própria vida. Assim, vocês evitam problemas, evitam cometer pecados, satisfazem a vontade de Deus e aprendem a ser um crente amadurecido e experiente.
Leia a Bíblia.
Viva Jesus!
Deus lhe abençoe!
publicado por homota às 13:35